Tartaruga

Aprenda a cuidar de uma tartaruga aquática em casa

Mesmo não sendo animais muito ativos e interativos, as tartarugas também precisam de carinho e atenção

Pode não parecer, mas a tartaruga é um animal de estimação bastante comum nas casas. Ela pode não estar na lista dos tradicionais, como cão, ave e gato, porém também não está entre os exóticos. Existem várias espécies de tartarugas domésticas, mas no caso iremos falar sobre as aquáticas.

As que vivem na água precisam, obviamente, de um aquário para viver. Geralmente são bem pequenas, fofas e cabem na palma da mão. Podem não ser muito ativas e interativas, mas seu aspecto encantador compensa. As crianças ficam fascinadas por esse réptil. Dar uma tartaruga para seu filho pode ser um ótimo aprendizado sobre responsabilidade e cuidados com os animais.

A tartaruga aquática pode ser criada dentro de casa

No entanto, cuidar desse pet não é fácil. Pode parecer estranho que um bicho tão pequeno exija tanto cuidados e alto custo, mas é o que acontece. Antes de adquirir uma, saiba que a tartaruga é um investimento de longo prazo. Se for bem cuidada, pode viver uns 50 anos e algumas espécies chegam até os 100, o que significa que poderá viver mais do que você. Veja se você tem condições de cuidar por longos anos dela.

Adquirir uma tartaruga exige responsabilidade e tempo do dono. Você precisará ceder um espaço na casa, ficar atento com a alimentação e manter o aquário sempre limpo. E não esqueça que, embora não saiam para passear ou não possam brincar fisicamente, também precisam de atenção e muito amor. Mas, se você ainda sim deseja ter esse bichinho, precisa escolher a espécie e aquirir a sua.

Escolhendo a tartaruga

A maioria dos pet shops vendem tartarugas aquáticas, por isso pode não ser difícil de encontrar. Certifique-se que o local é de confiança e conver com um vendedor para ver qual é a melhor espécie para você. Também vale entrar em contato com criadores legalizados para adquirir a sua. Garanta que você está adquirindo um bicho em boas condições da saúde.

Comprando os utensílios

Em lojas especializadas é fácil encontrar um aquário ou terrário apropriado para sua tartaruga. As aquáticas precisam ter seu próprio habitat, com uma piscina de profundicade suficiente para nadar tranquilamente e uma área seca, para que se secar, tomar sol e descansar.

O tamanho do ambiente irá depender do tamanho da tartaruga. Como base, conte com um tamanho de pelo menos três ou quatro vezes o comprimento do réptil. Ela precisa se movimentar de forma confortável pelo aquário. Sempre preze pelo tamanho maior, pois irá proporcionar uma condição de vida melhor. Tenha em mente que talvez precise trocar ao longos dos anos caso a tartaruga cresça.

Adicione decoração no aquário. Compre palmeiras, castelos ou plantas de plásticos para tornar o ambiente mais bonito e agradável. É bom criar um local bem próximo do real para seu animal.

É importante que a tartaruga se movimente de forma confortável no aquário

A importância da temperatura

Como todos os répteis, as tartarugas são ectotérmicas, ou seja, não tem mecanismos internos para regular sua temperatura e precisam do auxílio de fatores externos. Por isso são conhecidos por animais de sangue frio. Dessa forma, a atenção com a temperatura é algo muito importante para a saúde da tartaruga.

A temperatura da água deve ser morna, entre 26ºC e 30ºC. É importante que ela não varie em relação a temperatura externa, caso contrário quando saírem da água haverá uma mudança demasiado brusca, que com o tempo pode afetar a saúde. Na parte seca, o aquário deve ficar num local da casa em que raios solares atingem essa região. Se não tiver um ambiente que receba luz natural, compre uma lâmpada que simule o efeito e que aponte para a parte seca.

A luz é indispensável na vida de um réptil. Ela irá garantir a saúde dos ossos e carapaça. Então, jamais deixe o aquário perto de correntes de ar e a tarturuga não deve suportar temperaturas abaixo de 5°C ou acima de 40°C.

Alimentação

Em lojas de animais é possível encontrar alimentos apropriados para tartarugas. Elas são animais onívoros, isso significa que comem de tudo. Por isso, você pode variar a dieta dando peixe cru e com pouca gordura, vegetais, grilos, larvas ou pequenos insetos. Antes de decidir como alimentar o pet, consulte um especialista para te aconselhar nessa tarefa.

A quantidade de comida irá variar coforme a idade. No caso dos filhotes, deverá alimetá-los uma vez ao dia e se for grande, faça isso apenas três vezes por semana. O especialista também pode te ajudar a saber a quantidade exata de alimento e quando oferecê-lo de acordo a espécie. Lembre-se de reservear um lugar apenas para colocar a comida, facilitando também a limpeza.

Cuidado, pois esse réptil come tudo que vê pela frente. Por isso é importante verificar se o que ele está ingerindo é adequado às suas necessiadades nutricionais. Jamais ofereça comida industrializada, muito temperada ou açucarada.

Uma alimentação saudável e balanceada garante a longevidade da tartaruga

Higiene

A limpeza do aquário é algo indispensável. Caso tenha condições, compre um sistema de filtros em lojas de animais, assim não terá que realizar a troca da água toda semana. Apenas limpe o filtro regularmente. Mas quando não existe esse sistema, 25% da água deve ser trocada semanalmente. Uma substituição total removeria as bactérias benéficas, tão essenciais à saúde do aquário.

Remova diariamente os resíduos da tartaruga com uma pá, retire os alimentos velhos para não apodrecerem e troque a água de beber sempre.

Saúde

A tartaruga é um animal saudável e a maioria das doenças acarretam do desconhecimento das suas necessidades básicas. Se for fornecido alimentação adequada, luz solar diariamente e manter o ambiente limpo, será bem difícil o animal adoecer.

Encontre um veterinário especializado em répteis, anfíbios e outros animais de estimação exóticos para prestar cuidados para sua tartaruga. Ele irá te ajudar a sanar suas dúvidas sobre os cuidados e garantirá a boa saúde do animal.

Matéria retirada de http://canaldopet.ig.com.br/

Whats App (21) 98479-2939 ou Tel.: (21) 3297-2939 / 2201-7331.
Visite nossa página no facebook.
#shoppingdosbichos #saúdepet #mamãespet #contecomoshoppingdosbichos #petlovers #catlovers #doglovers #euamomeupet #apaixonadosporpets

gato-banho

Como eliminar os pelos dos animais da casa

Ter gato ou cachorro não precisa ser sinônimo de uma casa cheia de pelos! Confira alguns truques para eliminar a sujeira sem estresse e viver em harmonia com o seu peludo.

 

Se você está pensando em ter um animal, saiba que a rotina de limpeza mudará bastante, principalmente a frequência. Por isso, é importante pensar bem se terá tempo e disposição para tanto. Se a resposta for sim, apresentamos abaixo o seu mais novo arsenal de cuidados para eliminar os pelos da casa:

1. Aspirador de pó
Este item já deve ser um velho conhecido seu. Agora, mais do que nunca, ele se tornará o seu melhor amigo. Prefira usá-lo no lugar da vassoura que, muitas vezes, acaba espalhando e levantando esse tipo de sujeira.

2. Rodo
Quer algo mais prático? Aposte no rodo, que puxa os pelos de forma mágica! Não precisa de pano nem água. Por isso, essa técnica é perfeita para qualquer tipo de piso ou tapete. A versão menor do rodo, usado na pia da cozinha, é perfeita para o sofá!

3. Fita adesiva
Para tirar os pelos dos tecidos, você pode apostar naqueles rolos adesivos disponíveis no mercado, porém, uma alternativa mais econômica a esse produto é a fita adesiva, daquelas usadas para fechar caixas de papelão, com cerca de 5 cm de largura. Você pode enrolar um pedaço em volta dos seus quatro dedos (deixar o dedão de fora), com a face colante para cima. Depois é só pressionar a fita pelo tecido.
4. Luvas de borracha
Os gatos e cachorros adoram ficar no sofá. Se isso acontece na sua casa, provavelmente esse móvel está cheio de pelos. Aquele par de luvas que você usa na faxina pode resolver o drama. Não tem segredo: coloque as luvas e passe pelo móvel puxando os pelos.

5. Capas para tudo
Está tudo limpo na casa? Ótimo. Agora o desafio é manter. Onde for possível, você pode optar pelas capas, que são práticas e podem ser retiradas e lavadas sempre que necessário. Entre as opções estão as capas para sofá e para edredom, caso o pet durma com você. Depois de lavar na máquina esses tecidos, não esqueça de higienizá-la de acordo como é orientado no manual ou até retirando com a mão os pelos que ficam acumulados no fundo do tambor, caso contrário, terá uma surpresa desagradável após lavar suas roupas.

gato-banho (Foto: Thinkstock)

Dicas para evitar a queda dos pelos dos animais

Alimentação balanceada
A veterinária Cristiane Marialva, da clínica Animall Pet Story, alerta que a escolha adequada da ração é primordial para a saúde do animal e, consequentemente, para a dos pelos. O alimento escolhido deve conter todos os nutrientes que o seu pet precisa, sempre levando em consideração a idade, o peso e o porte. Cnverse com o seu veterinário para decidir qual a melhor opção para o seu bichinho.

Escovação diária dos pelos
Todos os dias, sem exceção, principalmente se o animal tiver pelos longos. Dedique cerca de 15 minutos por dia para evitar que grande parte dos pelos se espalhem pela casa inteira. Atenção especial no começo do inverno e verão, quando os animais costumam trocar a pelagem.

Banhos frequentes com escovação para remoção de pelos
Os banhos regulares ajudam a eliminar os pelos mortos e, consequentemente, caem menos pela casa. Vale também investir em uma escovação específica para remoção dos pelos, feitas nos petshops, conta a veterinária. Os felinos em especial agradecem, pois isso ajuda a evitar o acúmulo de bolas de pelos no intestino.

Tosa
Em alguns períodos como no verão, quando os pelos podem cair mais, tosar um animal de pelagem longa pode ser uma boa alternativa para diminuir o volume de pelos espalhados pela casa.

Suplementação vitamínica e mineral
Se nenhuma das opções acima surtir efeito e os pelos continuarem caindo em excesso, Cristiane orienta buscar ajuda profissional para descobrir se a causa não se trata de alguma deficiência vitamínica, que pode ser reposta com suplementação.

Matéria retirada de https://revistacasaejardim.globo.com/

Whats App (21) 98479-2939 ou Tel.: (21) 3297-2939 / 2201-7331.
Visite nossa página no facebook.
#shoppingdosbichos #saúdepet #mamãespet #contecomoshoppingdosbichos #petlovers #catlovers #doglovers #euamomeupet #apaixonadosporpets

cat

Dicas e cuidados para criar gatos em apartamentos

Atualmente, boa parte das pessoas que vive nas grandes metrópoles do Brasil moram em apartamentos, precisando lidar com espaços mais restritos e tirar o maior proveito possível da área útil que têm. E se, em alguns casos, já é difícil administrar a própria vida em um espaço pequeno, para quem tem um pet essa tarefa é ainda mais complicada, principalmente se o animal for um cachorro (já que em alguns condomínios a sua presença pode ser proibida).

No entanto, quem gosta dos gatos fica em vantagem nessa hora, já que além de ter certa facilidade para se adaptar a novos ambientes, os felinos também precisam de bem menos espaço que os cães para viver bem, e ainda se destacam por serem animais extremamente limpos e, na maioria esmagadora dos casos, bastante quietos.

Pensando nisso, muitas pessoas que tem a vontade de ter um amiguinho de quatro patas dentro de um apartamento acaba optando pelos bichanos. Porém, não é o simples fato de este animal ser mais independente e quieto que vai garantir a sua qualidade de vida ou o seu equilíbrio em um espaço pequeno, e há uma série de providências e cuidados que devem ser tomados ao levar um per felino para casa, conforme você confere abaixo:

– Telas e proteções específicas para as janelas e a varanda do apê são fundamentais. Os felinos, embora domesticados, tem um grande espírito caçador e selvagem, podendo provocar acidentes graves caso não haja barreiras em tais locais.

– Mesmo sendo mais independentes e calmos que os cães, os felinos também precisam de exercícios físicos para manter a saúde e gastar energia, evitando problemas como o da obesidade. Por isso, é importante contar com brinquedinhos variados para o gato brincar, além de acessórios como arranhadores, que ajudam a distrair e entreter o pet enquanto evitam arranhões nos móveis da casa.

dicas e cuidados para criar gatos em apartamentos 2

– Separar um espaço só para o gato dentro do lar também é importante, já que mesmo convivendo bem em locais menores, os felinos necessitam de certa ‘privacidade’, e deixar a caixa de areia do bichano em um ponto específico também é importante.

– Vale lembrar que organizar a casa para a chegada do animal e impor regras também são fatores fundamentais para o bem-estar do pet, e dar uma boa criação para o animal (com muito carinho, cuidados e limites) é sempre a melhor forma de evitar problemas ao ter um felino como bicho de estimação.

Matéria retirada de https://www.vix.com/

Whats App (21) 98479-2939 ou Tel.: (21) 3297-2939 / 2201-7331.
Visite nossa página no facebook.
#shoppingdosbichos #saúdepet #mamãespet #contecomoshoppingdosbichos #petlovers #catlovers #doglovers #euamomeupet #apaixonadosporpets

unnamed-5780924

Pets também vão pular o Carnaval nesse fim de semana

Olha o blocão aí, gente!!!! É, o Carnaval não é só para humanos. Tem Carnaval bom pra cachorro também. O BloCão, criado especialmente para os pets, estará neste sábado, na Praça do Ó, na Barra da Tijuca, a partir das 9h. Além de muita folia, tem assistência veterinária com profissionais da Petz, brindes e concurso de fantasia. E tudo de graça! Já os peludos de Botafogo vão poder se divertir também neste sábado, na Praça Nelson Mandela, no bloco Late, Mas Não Morde, a partir das 18h. É de graça também!!! E neste sábado também tem bloco de pets no Parcão da Lagoa, das 9h às 13h.

A farra é boa, mas é preciso cuidados muitos especiais com os cachorros durante a folia. Por isso, fique com as dicas da gerente de clínicas da Petz Karina Mussolino, para seu bichinho de estimação não atravessar o samba:

1 – escolha fantasias confortáveis, que não tapem os olhos, não dificultem a locomoção e não sejam apertadas. Opte também por tecidos leves.

2 – Para a folia céu aberto é preciso fugir do sol para evitar a hipertermia, e muita hidratação. Leve uma garrafinha com água e evite sair com os peludos entre 10h e 16h. Usar protetor solar para pets é fundamental.

3 – O som muito alto dos blocos pode assustar os cães, por isso evite ir a locais muito barulhentos e dê preferência para eventos especiais para pets.

4 – Muita gente junta também pode não ser confortável para eles. O uso de guias e coleiras é indispensável. Elas vão evitar que seu cão se perca de você e que ele entre em conflito com outros cães do blocos.

5 – É fundamental que os peludos estejam com a vacinação em dia, pois ele vai ter mais contato com outros pets. Além disso, essa época do ano é chuvosa, que pode trazer risco de leptospirose.

Com esse passo a passo seu carnapet está garantido!

Programação está variada

E tem programação também para quem não quer cair no samba. Neste sábado, tem a edição do Adotar é tudo de bom, programa promovido pela Pedigree que vai ajudar os peludos da Focinhos de Luz a encontrarem uma família. O bichinhos já estão vacinados e castrados. Eles estarão na Petz da Avenida Ayrton Senna 3.437, na Barra, no Rio. Das 11h às 17h. O Adotar é tudo de bom, que completa 10 anos em 2018 e já mudou a realidade de mais de 62 mil cães abandonados no país por meio do estímulo à adoção e posse responsável. Entre nessa campanha e ajuda você também a mudar a realidade de um peludo. Os candidatos devem estar com RG, CPF e comprovante de residência original e vão passar por uma entrevista com os organizadores. E lembre-se: adotar um animal é muita responsabilidade, portanto pense bem antes de fazê-lo.

Quem quiser um Carnaval diferente é só ir ao AquaRio até a próxima-terça-feira e cair na folia com o “Carnaval do Zé Tubarino”, que promete música, confete e serpentina e atividades lúdicas para as crianças, que poderão ir fantasiadas. Uma das atrações será o Grupo Lekolé, que comanda o bailinho de carnaval, das 10h30 às 12h. A companhia, criada pela atriz e bailarina Letícia Pope e pelo músico Kuko Moura, é garantia de diversão, já que mistura roda de ciranda, contação de histórias e música ao vivo. Durante a matinê infantil, haverá também distribuição de máscaras carnavalescas. Durante a folia a adesão ao programa anual terá valor promocional a R$ 99,90. Praça Muhammad Ali, Gamboa (em frente aos Armazéns 7 e 8). Das 10h às 18h, com entrada no circuito até 17h. Mais informações em aquariomarinhodorio.com.br.

Matéria retirada de https://odia.ig.com.br/

Cuide de quem você ama, nós do Shopping dos Bichos contamos com diversos especialidades que vão ajudar você a cuidar do seu pet.

Whats App (21) 98479-2939 ou Tel.: (21) 3297-2939 / 2201-7331.
Visite nossa página no facebook.
#shoppingdosbichos #saúdepet #mamãespet #contecomoshoppingdosbichos #petlovers #catlovers #doglovers #euamomeupet #apaixonadosporpets

Domínios

Novos Domínios

Prezados clientes,

Alem do shoppingdosbichos.com, temos agora os domínios (endereços do site) shoppingdosbichos.rio.br (para representar o amor pelo Rio de Janeiro) e shoppingdosbichos.vet.br (mostrar nosso compromisso com a veterinária e paixão pelos animais).

Domínios

Todos os endereços do site (domínios), visam facilitar a comunicação entre nossos clientes e amigos com nossos produtos e serviços. Agora temos várias maneiras de facilitar seu acesso.

Comente, divulgue e espalhe para seus amigos e familiares.

Obrigado.

Família Shopping dos Bichos

shoppingdosbichos.com
shoppingdosbichos.rio.br
shoppingdosbichos.vet.br

Cuide de quem você ama, nós do Shopping dos Bichos contamos com diversos especialidades que vão ajudar você a cuidar do seu pet.

Whats App (21) 98479-2939 ou Tel.: (21) 3297-2939 / 2201-7331.
Visite nossa página no facebook.
#shoppingdosbichos #saúdepet #mamãespet #contecomoshoppingdosbichos #petlovers #catlovers #doglovers #euamomeupet #apaixonadosporpets

 

SDB_3

Agendar serviços de Banho e consulta dermatológica

Agora você pode fazer reservas de Banho (em breve Tosa) e consulta veterinária (dermatológica), pelo facebook e site. Veja como:

– Para fazer a reserva, basta clicar no botão Reservar agora no face:

 

SDB_1

– Ou pode ir até o site (http://shoppingdosbichos.com/) e clicar em AGENDA ON-LINE:

SDB_1_1

– Agora você poderá escolher a data que melhor atende. Para agendar click no botão Agendar:

SDB_2

– Abrirá um pop-up onde você poderá escolher a data e hora e o tipo de atendimento de sua preferência, depois click em Agendar:

SDB_3

– Pronto seu horário já está agendado. Voltando para a pagina inicial (clicar em Home), você voltará para a pagina de agendamento:

SDB_4

– Abaixo, já se pode ver a marcação da consulta. Para detalhes click na data escolhida:

SDB_5

– Agora é mostrado o horário que foi marcado e o nome do seu PET! Pode clicar em Fechar.

SDB_6

Nós do SHOPPING DOS BICHOS trabalhando para oferecer o melhor pra os nossos clientes e amigos !!!

Cuide de quem você ama, nós do Shopping dos Bichos contamos com diversos especialidades que vão ajudar você a cuidar do seu pet.

Whats App (21) 98479-2939 ou Tel.: (21) 3297-2939 / 2201-7331.
Visite nossa página no facebook.
#shoppingdosbichos #saúdepet #mamãespet #contecomoshoppingdosbichos #petlovers #catlovers #doglovers #euamomeupet #apaixonadosporpets